Contabilidade São João

Notícias

Dólar cai e fecha o dia a R$ 4,05; bolsa também teve queda

A moeda norte-americana caiu após subir em nove dos 14 pregões de agosto

O dólar voltou a fechar em queda nesta terça-feira, 20/8, após subir em nove dos 14 pregões deste mês, acumulando valorização de 6,05% em agosto.

O real acompanhou o enfraquecimento do dólar no mercado internacional, tanto perante divisas fortes, como em relação a emergentes, como o México, Colômbia e África do Sul.

Medidas de estímulos de governos ao redor do mundo e a perspectiva de adoção de cortes de tributos pelos Estados Unidos ajudaram a acalmar os ânimos dos investidores, que aguardam o discurso do presidente do Federal Reserve(Fed, o banco central americano) no simpósio de Jackson Hole, na sexta-feira.

O dólar à vista fechou em queda de 0,37%, a R$ 4,0510.

A QUEDA DA BOLSA

Depois de ter enfrentado períodos de volatilidade pela manhã desta terça-feira, o Índice Bovespa passou a oscilar em torno da estabilidade no período da tarde e assim ficou até os últimos minutos do pregão desta terça-feira.

Acabou por encerrar a sessão aos 99.222,25 pontos, em baixa de 0,25%.

Os negócios somaram R$ 15,4 bilhões.

Sem notícias domésticas que pudessem tracionar as ações, o mercado internacional, com suas diversas incertezas, manteve-se como principal referência para os negócios por aqui.

Com as bolsas europeias e americanas em queda, não houve fôlego para o Ibovespa sustentar um avanço além dos 99 mil pontos.

Na máxima do dia, o índice marcou 99.664,75 pontos, com alta de 0,20%. Na mínima, foi até os 98.002,03 pontos, com queda de 1,47%.

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Estaduais
  • Artigos

Agenda Tributária

Período: Setembro/2019
D S T Q Q S S
01020304050607
08091011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Cotação Dólar